Participação da agricultura familiar nas principais cadeias produtivas de carnes em Santa Catarina

A produção de suínos e frangos são as duas principais atividades agropecuárias catarinenses, responsáveis por 38,9% do Valor Bruto da Produção do estado. Santa Catarina destaca-se nacionalmente na produção de suínos e frangos, ocupando a primeira e a segunda colocações no ranking, respectivamente. O desenvolvimento da suinocultura e da avicultura no estado está associado ao processo de ocupação do território, marcado pela predominância da agricultura familiar. No entanto, nas últimas décadas percebeu-se um processo de verticalização da produção, com a redução no número de produtores e aumento das escalas. O presente artigo busca dimensionar a importância do segmento familiar nesse ramo no período de 2013 a 2017. Levando em consideração a média dos cinco anos, os agricultores familiares representaram 76,00% dos produtores de suínos e 79,06% dos produtores de frangos. A partir desse trabalho é possível concluir que, embora esteja em curso um processo de concentração da produção, evidenciado principalmente pela redução no número total de produtores das duas atividades, a agricultura familiar continua sendo um ator de grande relevância na produção de carnes em Santa Catarina. Leia mais

 

© 1996 - 2018 Epagri. Direitos reservados